Palestrantes

Aderlúcia Nascimento da Silva
Diretora de Impacto Comunitário da Nike do Brasil

Cearense de Quixelô, que vive no Rio de Janeiro desde 2006, Graduada em Fisioterapia e Licenciatura em Educação Física, possui Licença C CBF, curso de Inteligência Emocional PUC- RJ,. Trabalhou no período de 2006 a 2013no ICA, instituição na qual participou de todo o processo de construção de Programa Vencer. Trabalha como Assessora Técnica na Cooperação desde 2014, atuando como apoio na construção de materiais que fazem parte de uma caixa de ferramentas que utiliza o esporte como instrumento para o desenvolvimento humano. Além de apoiar tecnicamente e gerencialmente o GT Treino Social para que as estratégias regionais de disseminação do Treino Social aconteçam em todo Brasil.

Adriana Friedmann
Assistente Social

Criadora e coordenadora do NEPSID - Núcleo de Estudos e Pesquisas em Simbolismo e da Comunidade de Aprendizagem Mapa da Infância Brasileira. Especialista, docente, palestrante, pesquisadora e consultora nacional e internacional de ONG’s, fundações, secretarias, escolas, etc. nas temáticas da infância, pesquisas com crianças e linguagens expressivas. Autora de vários livros e artigos na área. Doutora em Antropologia (PUCSP), Mestre em Educação (UNICAMP) e Pedagoga (FEUSP).

Américo Sampaio
Coordenador da Rede Nossa São Paulo

Américo Sampaio - Sociólogo, coordenador da Rede Nossa São Paulo, integra o Grupo de Trabalho de Democracia Participativa da mesma instituição, é professor e membro da direção da Escola de Governo, é associado ao Centro Santo Dias de Direitos Humanos, faz parte da Rede pela Transparência e Participação Social (RETPS) e assessora as Escolas de Cidadania da Pastoral Fé e Política. Integra o Conselho Consultivo da Ouvidoria Geral da Defensoria Pública de SP.

Ana moser
Ex-atleta profissional de voleibol

Medalhista olímpica e mundial de voleibol. Criou em 2001 o Instituto Esporte & Educação, que desenvolveu e dissemina uma metodologia de esporte educacional, com o objetivo de ampliar e qualificar a prática de educação física e esporte em todo o Brasil. Empreendedora social com várias premiações (Fellow Ashoka, Rede Empreendedores Sociais Folha, Trip Transformadores) e sócia fundadora do Todos pela Educação e da Atletas pelo Brasil. Membro do Conselho de Representantes da REMS.

Augusto Souza
Programme Officer - Sports for Development | UNICEF

Responsável por implementar o programa de Esportes para o Desenvolvimento do escritório do UNICEF no Brasil. Formado em Relações Internacionais e trabalhando sempre com direitos humanos, crianças e adolescentes, tem experiência na gestão de programas ligados ao esporte e ao lazer no Brasil, no Gabão e no Haiti.

Cacau Rhoden
Socióloga

Há mais de 25 anos vem desenvolvendo projetos audiovisuais, com passagens por filmes publicitários, TV e Cinema. No início como produtor, depois vários anos dedicados a assistência de direção, onde trabalhou com cineastas de várias gerações e naturezas diferentes. Após anos de trabalho, sobretudo ligados à ficção, iniciou sua carreira em documentários na Maria Farinha Filmes em 2012 onde dirigiu o seu primeiro documentário, Tarja Branca. Que estreou em junho de 2014. De lá para cá essa parceria fértil foi responsável pela realização vários outros projetos todos ligados à cultura, educação, artes e questões humanitárias de forte impacto no Brasil e no exterior.

Daiany França Saldanha
.

Graduada em Licenciatura Plena em Educação Física (2011). Especialização em Gestão e Negócios no Esporte (2016). Certificação internacional em projetos de gerenciamento em desenvolvimento - PMD Pro (2016). Atualmente é presidenta do Instituto Esporte Mais – IEMais, assessora do Grupo Assessor da Sociedade Civil (GASC) da ONU Mulheres e consultora de diferentes Organizações da Sociedade Civil. Pessoa humana, semeadora de ideias, empreendedora, consultora e gerente de projetos. Participa de iniciativas em defesa dos direitos humanos das mulheres, de crianças e jovens, pela igualdade de gênero e empoderamento das meninas e mulheres. Tem experiência na área do Esporte, com ênfase na qualificação do público docente que atua com esporte e educação física.

Daniel Leite
Assistente Técnico da Gerência de Desenvolvimento Físico-Esportivo | Sesc/SP

Daniel Leite, pós graduado em Treinamento Desportivo (Unifesp) e em Pedagogia do Esporte (UGF). Assistente Técnico da Gerência de Desenvolvimento Físico-Esportivo do Sesc/SP, instituição onde atua há 11 anos. Atualmente faz a gestão do Programa Sesc de Esportes e do Programa de Atividades Aquáticas do Sesc no estado de SP.

Fabio Luiz D´Angelo
PEDAGOGA

Doutor em Ciências da Pedagogia do Movimento Humano pela EEFEUSP/SP; Mestre em Educação Motora pela FEF/UNICAMP/SP e Coordenador pedagógico do Instituto Esporte e Educação.

Fernando Jaime González
Professor da Unijuí e diretor acadêmico do Relatório de Desenvolvimento Humano Nacional do PNUD.

Professor de Educação Física pelo Instituto del Profesorado en Educación Física (1990) de Córdoba, Argentina, mestre em Ciência do Movimento Humano pela UFSM (1996), doutor na mesma área pela UFRGS (2010). Desde 1998 é professor da Unijuí onde trabalha nos cursos de Educação Física e no PPG em Educação nas Ciências. É professor colaborador do PPG em Desenvolvimento Humano e Tecnologia da UNESP Rio Claro. Integrou a Comissão de Especialistas para a Elaboração da Proposta da Base Nacional Comum Curricular do Ministério da Educação e foi diretor acadêmico do Relatório de Desenvolvimento Humano Nacional do Programa de Nações Unidas para o Desenvolvimento. Membro da Rede Internacional de Investigação Pedagógica em Educação Física Escolar – REIIPEFE, integrante do Grupo de Pesquisa Paidotribas e do Grupo de Pesquisa Mongaba da Unijuí. Pesquisa no campo da sociologia das práticas corporais e do currículo na Educação Física escolar.

Jorge Knijnik
Jornalista

Professor Associado da Western Sydney University (Austrália), onde é vice-diretor de pesquisa do Centro para Pesquisas Educacionais (CER) na Faculdade de Educação e pesquisador do Instituto de Pesquisas sobre Cultura e Sociedade. Foi professor da Universidade de São Paulo na qual obteve seu doutoramento em Psicologia Social em 2006. Em 2009, Jorge recebeu o prêmio “Construindo a Igualdade de Gênero” do CNPq, UNIFEM e UNESCO por suas contribuições para a equidade de gênero no campo da educação esportiva. Seus trabalhos foram empregados como embasamento para relatórios internacionais da ONU-Mulheres como exemplo prático da utilização das ideias de Paulo Freire no campo do direito das mulheres. Jorge é autor dos seguintes livros: “A mulher brasileira e o esporte: seu corpo, sua história”; “O mundo psicossocial da mulher no esporte”; “Gênero e esporte: masculinidades e feminilidades; “Meninos e meninas na Educação Física escolar: gênero e corporeidade no século XXI”; “Gender and equestrian sports: riding around the world”, “Embodied Masculinities in the global sport”, “The World Cup Chronicles: 31 days that rocked Brazil”.

Laska Nenova
Gerente de Campanha NowWeMOVE com a Associação Internacional de Esporte e Cultura (ISCA)

Acredita que ser fisicamente ativo é a chave para o nosso bem estar tanto física como mentalmente. Sua paixão é compartilhar conhecimento e experiência de pessoa para pessoa, cidade para cidade e país para país. Vinda do mundo dos negócios, a Laska está transferindo seus conhecimentos, habilidades e experiência de negócios para o setor sem fins lucrativos. Atualmente é Gerente de Campanha NowWeMOVE com a Associação Internacional de Esporte e Cultura (ISCA). É responsável por sustentar e ampliar todas as atividades e eventos da NowWeMOVE, tais como: MOVE Week, Dia Sem Elevadores, Dia Internacional do Esporte Escolar, NowWeBike - passeio de ciclismo entre fronteiras.

Luiza Helena Tannuri Lameirão
Pedagoga

Pedagoga formada pela USP, foi professora de ensino infantil e fundamental no âmbito da Pedagogia Waldorf; atua na formação de docentes no Brasil, América Latina e Portugal. É consultora para escolas Waldorf em todo o Brasil. É autora de Criança brincando! Quem a educa?, Bola e Boneca e Ao longo do ano - atmosferas, reflexões, festividades, entre outras publicações e artigos dirigidos a pais e educadores. Também escreveu Cheiro de Terra Molhada, livro dedicado ao público infantil..

Magic Paula
Instituto passe de mágica

Magic Paula é uma das atletas mais vitoriosas da história do basquete feminino brasileiro e uma das principais jogadoras da modalidade em todos os tempos. Entre seus principais títulos, venceu o Campeonato Mundial, os Jogos Pan-Americanos e conquistou uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos. Jogou profissionalmente por 28 anos, sendo 22 deles pela Seleção Brasileira. Na sua carreira, após deixar as quadras, Paula se tornou uma gestora esportiva e empreendedora social. Especialista em administração esportiva e do terceiro setor, atualmente é a Presidente​ do Instituto Passe de Mágica, que hoje atende mais de 700 crianças e adolescentes nas cidades de São Paulo, Piracicaba e Diadema; Membro da REMS; Fundadora e atual Presidente da Atletas pelo Brasil.

Margaret Whitehead
Presidente da Associação Internacional de Letramento Corporal

Fez carreira em educação física, ensinando no nível da educação básica e educação superior. Seus estudos sobre existencialismo e fenomenologia reiteraram seu compromisso para com o valor da atividade física para todos. Nos últimos dez anos, ela desenvolveu, aprofundou e divulgou pelo pelo mundo o conceito de letramento corporal

Nigel Green
Chair da Associação Internacional de Letramento Corporal

Professor de Educação Física na Universidade John Moores, em Liverpool, desde 2009. Ele ensinou educação física em quatro escolas secundárias por 29 anos antes disso, durante este tempo ele liderou três departamentos, um corpo docente (incluindo EF, Arte, Música, Dança e Teatro) e uma comunidade em rede. Nigel esteve envolvido na formação de professores e no desenvolvimento profissional por mais de trinta anos, no Reino Unido e, mais recentemente, na Índia. Como membro anterior do Comitê Executivo do UK Education Association, membro atual do Comitê Executivo da North Western Counties Physical Education Association e Presidente da International Physical Literacy Association, Nigel demonstra um compromisso e paixão em promover e apoiar o desenvolvimento da educação física e alfabetização física em todo o mundo. Ele tem escrito artigos, entregue CPD, organizado e apresentado em oficinas e conferências sobre Letramento Corporal, desenvolvimento pessoal por meio de EF, TIC em EF e avaliação em PE.

Patrícia Medrado
Diretora Executiva do Instituto Patrícia Medrado

Patrícia Medrado, Baiana, foi durante onze anos consecutivos a melhor tenista brasileira (74 a 85). Graduada em Fisioterapia e Educação Física, foi medalha de prata dos Jogos Pan americanos do México em 1975 e participou do circuito profissional por 15 anos, alcançando a 48ª posição do ranking mundial de simples e 9ª em duplas. Representou o Brasil por 14 vezes no Federation Cup e sem nunca ter abandonado as quadras, é atualmente, penta campeã mundial Masters. Após encerrar sua carreira profissional, foi técnica, proprietária de academia, colunista de revista e comentarista esportiva. Atualmente ministra cursos e palestras, é Diretora da ONG Atletas pelo Brasil e Diretora Executiva do Instituto Patrícia Medrado (membros da REMS), responsável pela implantação do tênis em diversas escolas e clubes da rede pública de São Paulo, onde está radicada desde 1977. Além de já ter capacitado mais de 900 professores de educação física para a inserção do tênis nas aulas de Educação física, Patrícia coordena diversos projetos sociais.

Paula Korsakas
Professor de Educação Física

Coordenadora pedagógica do Projeto F5 - Atualização em Gestão de Políticas Esportivas, desenvolvido pelo Instituto Passe de Mágica na região do Vale do Ribeira/Litoral Sul de São Paulo para fortalecer políticas de acesso ao esporte e atividade física. Sócia-Diretora da Interação Inteligência & Performance, atua como consultora em Esporte e Desenvolvimento Humano para organizações esportivas há mais de 15 anos. Integrou o grupo de trabalho do Ministério do Esporte e da equipe de sistematização que redigiu a proposição do novo Sistema Nacional de Esporte para o Brasil (2015-2016). Foi membro do Conselho da REMS - Rede Esporte pela Mudança Social (2014-2017). É doutoranda em Educação Física pela Unicamp e membro do Laboratório de Estudos em Pedagogia do Esporte; mestre em Educação Física e Bacharel em Esporte pela USP. .

Ricardo Hugo Gonzalez
Universidade Federal do Ceará

Graduado em Licenciatura Plena em Educação Física (1995). Especialização em atividades aquáticas UNOPAR (2000), mestre em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS (2008). Doutor em Saúde Pública na Universidade Federal do Ceará (2017). Atualmente é docente do Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará. Coordenador do programa de extensão universitária Esporte Educacional e Qualidade de Vida em Crianças e Adolescentes, que atende jovens de 8 a 17 anos em situação de vulnerabilidade. Líder do grupo de estudo multidisciplinar Promoção da Saúde e Pedagogia do Esporte para jovens na Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase na Promoção da Saúde de crianças e adolescentes, atuando principalmente nos seguintes temas: pedagogia do esporte, atividade física, esporte educacional e epidemiologia da atividade física. Autor de vários artigos e livros.

Ricardo Vidal de Oliveira
Geógrafo e Professor

Campeão sul-americano de atletismo menor (até 16 anos), em 1978, no Uruguai, na prova de 300 m sobre barreiras; bronze no Campeonato Mundial Estudantil de 1979, na prova do revezamento 4 x 100 m com a equipe brasileira, em Lille (FRA); vice-campeão do Troféu Brasil de Atletismo de 1988, nos 400 m com barreiras e campeão do Primeiro Circuito Brasil de Atletismo, também nos 400 m com barreiras. Foi membro no Conselho de Representantes da REMS. Formado em Administração pelo CEUB com Pós Graduação em Gestão de Projetos pela FGV - Brasília. Atualmente também desempenha atividades como Diretor na Atletas pelo Brasil. É diretor-executivo do Instituto Joaquim Cruz, que atende cerca de 320 crianças e jovens, na faixa etária de 7 a 17 anos, possibilitando a inserção social por meio do atletismo.

Voltar para o topo