ESPORTE AO LONGO DA VIDA

Esta plataforma é apresentada pela Rede Esporte pela Mudança Social na intenção de informar e engajar sobre o “movimento” em prol de uma nova cultura esportiva brasileira, que engloba a criação de um sistema nacional de esporte, aprimoramento da Lei de Incentivo ao Esporte, implantação de programas para todas as populações, entre outras causas que são da REMS e de seus parceiros.

A compreensão da experiência corporal, vivida nas atividades físicas, esportivas e de lazer ativo, como um componente essencial de desenvolvimento humano, vai além dos benefícios imediatos para a saúde. Passa, necessariamente, pela consideração da permanência de comportamentos ativos ao longo dos ciclos de vida. E múltiplos fatores corroboram para isso. Efetivar o direito das crianças, jovens, adultos e idosos à prática de atividades físicas, esportivas e de lazer, garantindo experiências corporais adequadas às peculiaridades de cada fase de vida, é um passo fundamental a ser dado. Mas há outros desafios. Um deles é projetar os efeitos duradouros e interdependentes dessa experiência corporal em todo o processo de desenvolvimento humano. Outro desafio é engendrar uma integração e efetivação das políticas esportivas e de lazer no Brasil.

O conteúdo inicialmente apresentado foi produzido a partir das apresentações realizadas no II Seminário Esporte e Desenvolvimento Humano, que fez parte da III Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social em novembro de 2014. A plataforma será constantemente atualizada, compartilhando experiências nacionais e internacionais na área do esporte para desenvolvimento humano e apontando caminhos possíveis para o incremento de programas e políticas de lazer ativo, atividade física e esporte no Brasil.

Este site também visa proporcionar espaço para um debate sobre programas e políticas de acesso ao esporte, atividade física e lazer ativo no Brasil, como fatores importantes para o desenvolvimento humano de crianças, jovens, adultos e idosos. Além de promover diálogo entre os diferentes atores do esporte brasileiro (governos; universidades; organizações não governamentais; empresas; clubes e federações esportivas).



SAIU NA MÍDIA

Seminário discute a prática de atividades físicas

A Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social foi aberta com Melanie Mckee, vice-presidente da Internacional Physical Literacy Association. A executiva abordou a importância da alfabetização corporal desdância.  

Relatório Cidades do Esportes é divulgado na Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social

A presidente da ONG Atletas pelo Brasil, Ana Moser, defende que o esporte passe a ser reconhecido como um direito de todos  

Ana Moser e Raí apresentam relatório Cidades do Esporte

A ONG Atletas pelo Brasil divulgou na Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social, relatório que fala do legado das 12 cidades-sede da Copa do Mundo 2014. Confira abaixo a matéria na íntegra no site Promoview. 

Atletas pelo Brasil lança no Seminário Internacional do Esporte pela Mudança Social, “I Relatório Cidades do Esporte”

De acordo com a publicação, a realização da Copa de 2014 não trouxe mudanças significativas nas políticas de esporte das cidades que a sediaram.

Esportes nas Cidades-Sede da Copa tem menis de 1% do orçamento

Dado faz parte do I Relatório Cidades do Esporte, levantamento inédito sobre esporte e atividade física em dez cidades-sede dos jogos