Notícias

6ª Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social aborda o papel do esporte para promover mudanças pós pandemia

6 de outubro de 2021

Em edição online, evento ocorre entre 25 e 29 de outubro

WhatsApp Image 2018-09-27 at 12.07.55

Ana Moser, na 5ª Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social

Com o intuito de evidenciar o esporte como fator de desenvolvimento humano, a Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social (SIEMS) traz temas de importância global para a 6ª edição. Em formato virtual pela primeira vez, por conta da pandemia, o evento deste ano se propõe a levantar problemáticas contemporâneas e trazer possíveis caminhos para transformar a sociedade por meio do esporte.

A SIEMS é o principal evento de mobilização da Rede Esporte pela Mudança Social (REMS), que reúne 161 organizações presentes em 13 estados e em mais de 150 municípios brasileiros, alcançando cerca de 1 milhão de pessoas. Esta edição da SIEMS foi organizada pela REMS e pelo Sesc São Paulo, que tem como objetivo proporcionar o bem-estar e a qualidade de vida aos trabalhadores e familiares do setor do comércio, conta com uma rede de 43 unidades operacionais e atua há mais de 70 anos no Brasil. A programação conta com diversas organizações parceiras, além de apresentar um time renomado de atletas e especialistas, como Flavio Canto, Aída dos Santos e Ana Moser.

Neste ano, todas estas personalidades e especialistas se reúnem tendo como foco a Agenda 2030 e o Pacto Global, as maiores iniciativas globais de enfrentamento aos desafios da humanidade, além do Manifesto em prol do Esporte pela Mudança Social, feito pela REMS em seu último encontro nacional. “Nesta edição, procuramos ter bastante atenção para a questão da diversidade nos temas que serão abordados, considerando gênero, etnia, pessoas com deficiência, orientação sexual, condição social e geracional”, afirma William Boudakian, Diretor Executivo do Instituto Família Barrichello, organização responsável pela Secretaria Executiva da REMS.

Para acessar a programação completa e inscrição, clique aqui: https://rems.org.br/siems/

Pandemia: o esporte em defesa da vida

Dentro do espectro amplo de desafios da sociedade brasileira, evidenciados ainda mais pela Covid-19 e agravados pelo contexto geral de desigualdade profunda do país, durante a pandemia, a REMS e o Sesc São Paulo encararam o desafio de contribuir para o desenvolvimento de atividades físicas no país.

“Queremos contribuir para democratizar o acesso ao esporte no Brasil. Para tanto, é imprescindível reunir especialistas, nacionais e internacionais, para discutirem relevantes temas relacionados ao esporte para a mudança social, principalmente neste cenário de pandemia”, comenta Ana Carrança, coordenadora da REMS.

“Ao completar 75 anos de existência, o Sesc São Paulo segue se renovando, cotidianamente, em diálogo com a sociedade. Neste sentido, as parcerias com organizações que partilham do mesmo ideal de promoção do bem estar social, como a REMS e todos seus membros, se apresentam como uma estratégia fundamental dentro dessa perene construção institucional. Participar da SIEMS materializa a troca de experiência e saberes que dão corpo ao diálogo do Sesc São Paulo com a comunidade”, compartilha Danilo Miranda, Diretor do Sesc São Paulo.

Os eixos de atuação da rede estão expressos nos cinco dias de programação do evento, que aborda temas como “Como conseguir recursos para projetos esportivos?”, “Atual conjuntura das políticas públicas de esporte no Brasil e “Como comunicar a causa do esporte, mobilizar e engajar pessoas”.

O evento conta com a presença de organizações como Women Win, Simbiose, Pedagogia da Emergência, Instituto Povo do Mar, Como Anda, Instituto Superação, Empodera, Instituto Esporte e Educação, Instituto Futebol de Rua, entre outras.

Diversidade de gênero

Em um ano de Olimpíadas e Paraolimpíadas marcadas por mulheres fazendo história, inclusive jovens, como as atletas do skate e da ginástica, o evento traz um debate para discutir a diversidade no esporte. Nele, conta com a presença de Aída dos Santos, atleta negra renomada no atletismo brasileiro, Marije Holman da Women Win, organização que apoia meninas e mulheres, por meio do esporte, para que estejam equipadas para exercer seus direitos, com mediação de Mariana Koury, do Instituto Empodera, destinado à empoderar meninas no esporte.

“O esporte é uma importante ferramenta de transformação social para meninas. Mulheres praticando esportes quebram paradigmas.  Por isso, é fundamental que se desenvolvam projetos e políticas públicas que levem em consideração as desigualdades de gênero, mas também de raça, classe, condição física, entre outras, para garantir o acesso e permanência de todas as pessoas na prática esportiva. Assim, podemos aproveitar todo o poder de transformação que o esporte tem no caminho de construção de uma sociedade mais justa e equânime”, relata Mariana Koury.

Agenda 2030 e Pacto Global

Lançada em 2015, a Agenda 2030 é conjunto de metas a serem alcançadas até o ano de 2030. O plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS, e 169 metas, para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos. Em 2021, entramos na última década até o prazo estabelecido. Sabendo disso, a 6ª SIEMS vem com o intuito de acelerar as discussões por meio de mesas com temas que vão desde diversidade, até novas formas de captar recursos, políticas públicas e leis de incentivo ao esporte.

O evento também se pauta no Pacto Global, uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações a 10 princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção.

Serviço: 6ª Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social

Data: 25 a 29 de outubro de  

Horários: 10h às 11h30 e 15h as 16h30.

Onde assistir: https://www.youtube.com/user/redeesporte ou  https://www.youtube.com/user/sescvilamariana

Programação completa e inscrição: https://rems.org.br/siems/

 

Sobre a REMS

A Rede Esporte pela Mudança Social – REMS reúne hoje 161 organizações que utilizam o esporte como fator de desenvolvimento humano e, juntas, realizaram mais de 200 mil atendimentos em 2019, no Brasil. Foi fundada simultaneamente no Brasil e na África do Sul em 2007, por um grupo de organizações da sociedade civil com apoio da Nike e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD. Esta iniciativa inspirou a criação de redes semelhantes no Reino Unido e na Argentina. A REMS traz visibilidade ao trabalho das organizações, demonstrando o impacto social e o poder transformador do esporte, que inspira pessoas, instituições e governos para a promoção da saúde, do desenvolvimento humano, da ética e da cidadania. Mais informações: http://rems.org.br/br/.

Sobre o Sesc São Paulo

Mantido pelos empresários do comércio de bens, turismo e serviços, o Sesc – Serviço Social do Comércio é uma entidade privada que tem como objetivo proporcionar o bem-estar e a qualidade de vida aos trabalhadores deste setor e sua família. Sua ação é fruto de um sólido projeto cultural e educativo que trouxe, desde a criação pelo empresariado do comércio e serviços em 1946, a marca da inovação e da transformação social. No estado de São Paulo, o Sesc conta com uma rede de 43 unidades operacionais – centros destinados à cultura, ao esporte, à saúde e à alimentação, ao desenvolvimento infantojuvenil, à terceira idade, ao turismo social e a demais áreas de atuação.  Mais informações: https://www.sescsp.org.br/

 

 

 

Tide Social – Assessoria de Imprensa Semana Internacional do Esporte

Beatriz Mazzei | beatriz@tidesocial.com.br | 11 97616-0953

Camila Guimarães | camila@tidesocial.com.br | 11 94261-8286

Mariana Franceschinelli |mariana@tidesocial.com.br | 11 99123-9401

Assine a Newsletter

Quer se manter atualizado e receber nossas notícias direto em seu e-mail?
Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da REMS.